MANIFESTO da MARCHA do ORGULHO LGBT no PORTO 2012


Os direitos das pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros, são uma dimensão fundamental dos Direitos Humanos. A forma como uma sociedade encara os direitos destas pessoas é um indicador de grande relevância sobre o seu desenvolvimento social. Esta luta tem já várias décadas tanto em Portugal como noutros países. Porém continuam a haver direitos que estão por garantir ou consolidar.


Continuamos a mobilizar-nos:
- pelo direito a viver uma sexualidade livre;
- pelo reconhecimento dos vários tipos de família;
- pelo acesso à procriação medicamente assistida por todos;
- pela adoção por casais homossexuais;- pelo reconhecimento da sexualidade na terceira idade.


Continuamos a mobilizar-nos contra todas as formas de segregação com base na orientação sexual e na identidade de género.


Hoje recordamos mais uma vez o crime de ódio na cidade do Porto contra Gisberta Salce Junior, reconhecido por fim como sendo um produto da transfobia. Este ano, no Porto, aliamo-nos a uma luta internacional contra a transfobia, sob o lema STP 2012.


Para certas organizações profissionais e internacionais a transexualidade é considerada um “transtorno de identidade sexual”, patologia mental presente na Classificação Internacional de Doenças da OMS e no Manual de Diagnóstico e Estatísticas de Distúrbios Mentais da APA. As suas posições têm influenciado as regulamentações nacionais. 


Este ano aquela classificação vai ser revista e há a possibilidade de que seja suprimida esta forma de discriminação, reconhecendo que ser transgénero não é doença: a doença está na sociedade que não reconhece a alguns dos seus membros o direito a ser quem são.


Um primeiro passo já foi dado pelas Nações Unidas ao reconhecer, em Junho de 2011, que atentar contra a identidade de género ou a orientação sexual é um crime contra os Direitos Humanos.Os direitos das pessoas LGBT são uma luta de todas e de todos nós independentemente da orientação sexual ou identidade de género, são na realidade uma luta por uma sociedade mais justa.


Estamos uma vez mais na rua por todos nós, mas acima de tudo por todas e todos aqueles que ainda hoje, no século XXI, não podem estar aqui connosco.


 
 

Notícias

Como podes ajudar a MOP?

Contribui com Sugestões, Voluntariado, Donativo ou Divulgação.

 

Contacto:

marcha@orgulhoporto.org

 

_________

 

Outras Marchas LGBT nacionais: 

 

Marcha contra a homofobia e transfobia ~ Coimbra : 
17 Maio 

 

Marcha LGBT Lisboa :
21 de Junho  
 

 

Marcha LGBT Braga :
14 de Junho  

 

Pride Azores :
25 a 31 de Agosto